Home / Notícias

Notícias

Conheça as Cidades de 15 Minutos

Conheça as Cidades de 15 Minutos

Você já ouviu falar do conceito de Cidades de 15 Minutos? Projetado por Dan Luscher, um urbanista e morador de São Francisco, a ideia consiste em você morar a 15 minutos de todos os serviços essenciais e de lazer que uma cidade pode oferecer, e também sem a necessidade de um carro ou moto para fazer esse transporte. Apesar de parecer que só é possível em cidades menores, o conceito foi criado para cidades de todos tamanhos e populações.

Mas o que é necessário para transformar uma megalópole, como São Paulo por exemplo, em uma “15-Minute Cities”? Primeiro, obviamente, políticas públicas! Os governantes são o ponto de partida para a transformação, como por exemplo, adequar antigos espaços para uma função mais útil para a população ou ajustar as ruas da cidade para a necessidade dos habitantes e não dos carros. Também é preciso uma comunidade engajada em transformar a cidade, é importante que todos saibam qual o seu papel na renovação do ambiente em que vivem.

A primeira grande metrópole a abraçar essa ideia é Paris. Conduzido por Anne Hidalgo, prefeita da cidade desde 2014, o projeto já vem sendo colocado em prática e a espinha dorsal do plano de Anne é a implantação em larga escala de ciclovias em todas as ruas de Paris. Além das ruas mais agradáveis às bicicletas e aos pedestres, a prefeitura também prevê a remoção de espaços para carros, como vagas na rua e faixas de rodagem, para a ampliação de calçadas para pedestres e para desencorajar também o uso dos automóveis.

Uma parte importante da transformação urbana proposta pela prefeita vai demandar reestruturação na configuração de locais já existentes, como por exemplo, abrir escolas e faculdades, que seriam o “coração dos bairros”, para realização de serviços e lazer aos fins de semana. Praças e parques também poderiam virar playgrounds para crianças e locais com pequenos quiosques onde muitos serviços podem ser encontrados.

Mas o maior desafio de uma “Cidade de 15 Minutos” é sem dúvida, fazer com que as pessoas trabalhem perto de suas casas. No planejamento de Hidalgo, é previsto a construção de escritórios e espaços de coworking em vizinhanças que não tenham essa estrutura, mas só isso não é suficiente. O grande obstáculo, será convencer as empresas da cidade a permitirem que seus trabalhadores tenham direito ao trabalho remoto ou home office, com horários flexíveis.

Apesar de ser uma realidade mais distante para os brasileiros, o distanciamento social trouxe uma visão diferente do trabalho remoto para os empresários e fez muita gente apostar na mobilidade individual, o que poderia ser um primeiro passo para essa transformação!

Cicloway: a empresa por trás dos Tuk Tuks Elétricos

Cicloway: a empresa por trás dos Tuk Tuks Elétricos

Nas últimas semanas, provavelmente você pode ter se deparado com notícias na internet sobre veículos de entrega um pouco “diferentes”. Marcas famosas como Americanas, Ambev, iFood e Petlove estão fazendo algumas entregas de seus produtos com Tuk Tuks elétricos! Isso mesmo, os famosos Tuk Tuks, muito usados principalmente em países orientais, estão começando a dar as caras aqui no Brasil, entregando encomendas de uma forma prática e menos prejudicial ao planeta.

Mas você conhece a empresa que está por trás desses veículos? A parceira de todas as empresas citadas é a Cicloway! Os Tuk Tuks elétricos, ou como carinhosamente chamamos por aqui, o Formigão e a Joaninha, se transformaram em soluções mais econômicas e sustentáveis para essas empresas que lidam com entregas ao consumidor.

Com a alta do combustível e as empresas se tornando cada dia mais preocupadas com o meio ambiente, os veículos elétricos são a resposta óbvia para essas duas questões. Por exemplo, uma empresa que faz entregas com uma Fiorino e começar a utilizar os Tuk Tuks Elétricos, pode economizar mais de R$ 1.600,00 por mês* em combustível.

Veja a tabela comparativa dos dois veículos e tire suas conclusões: 

*Considerando 2.500 Km rodados por mês

Essa mudança está apenas começando e não é exclusividade das grandes marcas. Empresas de tamanhos e orçamentos diversos podem contribuir nessa transformação! 

A Cicloway oferece soluções 100% personalizadas, tanto na customização física, como cor e equipamentos, quanto na customização em função da utilização, por exemplo personalização para maior autonomia, maior capacidade de superação de aclive, mais força, mais velocidade, tudo de acordo com o uso a qual será destinado.

Se você ficou interessado e quer saber mais, siga nosso Instagram (@ciclowayoficial) e entre em contato através do nosso telefone (11) 3741-9600

Conte com nossa ajuda para implementar o ESG na sua empresa!

 

O que você precisa saber sobre baterias elétricas

O que você precisa saber sobre baterias elétricas

Não é novidade para ninguém que os transportes elétricos são opções de mobilidade mais sustentáveis e econômicas. Só que antes de adquirir qualquer veículo movido a eletricidade você precisa conhecer um pouco mais sobre como funciona e cuidados necessários com o principal componente: a bateria.

Primeiramente, é crucial entender que a bateria utilizada em veículos elétricos é diferente das baterias utilizadas em veículos convencionais. Os elétricos utilizam baterias de lítio, enquanto os veículos à combustão utilizam as baterias de chumbo ácido.

Listamos os pontos mais importantes que você precisa saber sobre baterias antes de comprar um veículo elétrico:

Autonomia

Indica a distância que o veículo vai conseguir percorrer, geralmente em quilômetros, com uma carga completa da bateria. Muito importante para não ficar na mão no meio do seu trajeto.

Tempo de carga

Basicamente, é o tempo necessário para que a bateria atinja uma carga completa. Com isso, você pode se planejar melhor antes de sair com seu veículo.

Vida útil

Toda bateria possui uma vida útil, que geralmente é contada por ciclos da bateria, ou seja, um número determinado de cargas completas que a bateria suporta antes de começar apresentar defeitos. Portanto, quando for comparar um veículo elétrico, é muito importante saber a vida útil da bateria para poder calcular melhor o custo benefício da compra  e planejar futuros gastos com manutenção.


Vida útil de baterias de lítio

Para quem já possui um veículo elétrico, é necessário tomar alguns cuidados que ajudam a  prolongar a vida útil da bateria. Por isso, vamos responder às  principais  dúvidas em  relação aos cuidados com  baterias.

Posso deixar minha bateria carregando depois de atingir a carga completa?

Sim! A grande maioria dos veículos possui BMS (“Battery Management System”, que significa Sistema de Gerenciamento de Bateria), uma tecnologia que mantém uma comunicação entre a bateria e o carregador. Quando a bateria atinge 100%, ela emite um sinal ao carregador, informando que não é necessário mais carga. O carregador então entra em modo "flutuante", só mantendo o que já foi carregado. 

Vou viajar e passar alguns meses fora, como devo manter a bateria?

O ideal para resguardar a bateria do produto é dar uma carga completa antes de guardá-lo. Evite guardar em locais úmidos, expostos às ações do tempo, um fator importante que pode danificar a parte eletrônica tanto do veículo, quanto da bateria. 

Eu preciso esperar a bateria do meu veículo zerar antes de recarregar?

Não! Ao deixar a bateria zerar constantemente  você corre grande risco de danificá-la. Portanto, em qualquer bateria de lítio, é recomendável ter no mínimo 20% de carga para fazer o carregamento. Ao fazer isso, certamente  você terá menos problemas futuros com sua bateria.

A autonomia do meu veículo será maior se eu deixar a bateria “respirar”?

Sim! Utilizar o veículo por períodos contínuos diminui a autonomia da bateria. Quando você deixa a bateria repousar ela recupera cargas e renova sua capacidade.

x