Home / Notícias / Conheça as Cidades de 15 Minutos
Conheça as Cidades de 15 Minutos

Conheça as Cidades de 15 Minutos

Você já ouviu falar do conceito de Cidades de 15 Minutos? Projetado por Dan Luscher, um urbanista e morador de São Francisco, a ideia consiste em você morar a 15 minutos de todos os serviços essenciais e de lazer que uma cidade pode oferecer, e também sem a necessidade de um carro ou moto para fazer esse transporte. Apesar de parecer que só é possível em cidades menores, o conceito foi criado para cidades de todos tamanhos e populações.

Mas o que é necessário para transformar uma megalópole, como São Paulo por exemplo, em uma “15-Minute Cities”? Primeiro, obviamente, políticas públicas! Os governantes são o ponto de partida para a transformação, como por exemplo, adequar antigos espaços para uma função mais útil para a população ou ajustar as ruas da cidade para a necessidade dos habitantes e não dos carros. Também é preciso uma comunidade engajada em transformar a cidade, é importante que todos saibam qual o seu papel na renovação do ambiente em que vivem.

A primeira grande metrópole a abraçar essa ideia é Paris. Conduzido por Anne Hidalgo, prefeita da cidade desde 2014, o projeto já vem sendo colocado em prática e a espinha dorsal do plano de Anne é a implantação em larga escala de ciclovias em todas as ruas de Paris. Além das ruas mais agradáveis às bicicletas e aos pedestres, a prefeitura também prevê a remoção de espaços para carros, como vagas na rua e faixas de rodagem, para a ampliação de calçadas para pedestres e para desencorajar também o uso dos automóveis.

Uma parte importante da transformação urbana proposta pela prefeita vai demandar reestruturação na configuração de locais já existentes, como por exemplo, abrir escolas e faculdades, que seriam o “coração dos bairros”, para realização de serviços e lazer aos fins de semana. Praças e parques também poderiam virar playgrounds para crianças e locais com pequenos quiosques onde muitos serviços podem ser encontrados.

Mas o maior desafio de uma “Cidade de 15 Minutos” é sem dúvida, fazer com que as pessoas trabalhem perto de suas casas. No planejamento de Hidalgo, é previsto a construção de escritórios e espaços de coworking em vizinhanças que não tenham essa estrutura, mas só isso não é suficiente. O grande obstáculo, será convencer as empresas da cidade a permitirem que seus trabalhadores tenham direito ao trabalho remoto ou home office, com horários flexíveis.

Apesar de ser uma realidade mais distante para os brasileiros, o distanciamento social trouxe uma visão diferente do trabalho remoto para os empresários e fez muita gente apostar na mobilidade individual, o que poderia ser um primeiro passo para essa transformação!

x